Primeiros passos

por | jun 8, 2016

E lá se foi a primeira semana do Projeto Conheseremos.
Que bom ter contado com a presença de vocês. De coração, obrigado!

Começamos com o tema de Junho/2016 – Câncer de Mama.
O primeiro projeto em destaque é o “Uma tatuagem por uma vida melhor” de Miro Dantas.
Esse projeto se tornou icônico para o Conheseremos. Miro, como homem, conheceu melhor o mundo das mulheres que passaram pelas sequelas de uma cirurgia agressiva, porém necessária, e transformou o mundo de muitas delas através do que faz melhor: tatuagens.
Foram postados informativos para quem se depara com a doença assim como para os familiares.
Tivemos a inclusão de um relato pessoal sobre o tema assim como o início da discussão. Sugiro a leitura!
Em apenas uma semana acredito que alcançamos algo muito positivo.

Gostaríamos muito de contar com a sugestão de mais projetos, relatos e documentos para enriquecer o tema para todos, assim como sua participação na discussão. Acreditamos muito na inteligência colaborativa e o resultado desta em nosso ser.

Como muitos já sabem, a decisão para o tema de Agosto/2016 está em suas mãos. Recebemos incríveis sugestões de temas que foram adicionados a já vasta lista. Os temas adicionados foram:
Empatia
O Poder da Indústria Farmacêutica
Divisão de tarefas domésticas no casamento
Paternidade participativa
Estabilidade entre vida pessoal e profissional
Patriotismo
Reciclagem de lixo orgânico
Trabalho escravo.
Menstruação
Bruxismo/Briquismo em pessoas com comprometimento mental
Depressão como doença

Não deixe de votar no tema que você acredita ser o mais relevante para discussão neste momento:
http://conheseremos.com.br/proximos-temas/

Para quem se inscreveu no projeto haverão algumas boas notícias extras!
Quer saber? Inscreva-se! http://conheseremos.com.br/inscricao/

Para continuar recebendo as atualizações do projeto, curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/conheseremos

#gratidão
Mario Gioto – Conheseremos

Crédito Foto: Mario Gioto – Primeiros passos para a arte

O que acha?