O país que pegou toda a beleza do mundo

por | jul 27, 2016

“Eu sou muçulmana e o que eu gosto da religião islâmica é que você sempre tem espaço para ser uma pessoa melhor. O Islã coloca uma perspectiva em nossas vidas onde o propósito desta é venerar e ser grato a nosso criador e sermos bons com as pessoas ao nosso redor. Isto faz com que as dificuldades sejam mais fáceis de sobrepor por que você sabe que o que realmente importa é Deus e não o problema. Também faz com que a felicidade seja mais doce pois você sabe que isso vem de Deus que criou e manteve tudo e além disso me escuta e sabe tudo sobre mim. A cada dia que aumento minha prática em ser uma muçulmana melhor tal como rezar mais e ser mais bondosa é como cumprir uma meta e é algo no qual eu trabalho para atingir meus objetivos. O aprendizado nunca acaba, enquanto as pessoas estão procurando suas próprias metas como um carro ou uma casa eu tenho outra meta para a qual me esforçar pois isso sim é recompensador e duradouro e me faz sentir melhor por mais tempo e faz pessoas amarem e apreciarem você. Ser um bom muçulmano é ter bom caráter e ser generoso além de se importar com as pessoas ao seu redor.

Quando morei no Brasil eu pensei muito em Deus pela beleza que o Brasil tem. Você não consegue ver mar assim, ou montanhas assim e não fala “subhanallah” (dar valor a algo que somente pode ter vindo de Deus) e também pensei muito sobre o que há após a vida. Nosso profeta falou que esta vida é como a água que tem no mundo, eu vi o mar pela primeira vez no Rio de Janeiro, em Ipanema tem muita água! Eu gostei do Brasil, Os brasileiros foram agradáveis e na maioria das vezes faziam perguntas não sendo argumentativos ou rudes mas porque realmente era interessante para eles e claro, tiravam fotos de mim, era como se eu fosse famosa! A única diferença é que nos Estados Unidos temos muito mais muçulmanos então as pessoas conhecem mais e sabem que precisam respeitar. No Brasil não é como se você encontrasse uma muçulmana todo dia.

Eu ainda volto ao Brasil todo ano e ainda estou apaixonada pelo país que roubou toda a beleza do mundo para si.”

Crédito Foto: Mario Gioto

O que acha?